02/06/2010








video

Entrevista para o quadro "Me Leva Brasil" do Fantástico, 2000.




video

Atuação na praça Maria Pajé, Aniversário de São João de Pirabas,
em 6 de maio de 2010



video

Na sessão da APL na Câmara de Vereadores de S. João de Pirabas



video

O roubo do chapéu do boto

7 comentários:

  1. A moça roubou o chapéu do boto, na esperança de ver-lhe o buraco.
    Precisas dizer a ela que o buraco é mais embaixo...

    ResponderExcluir
  2. Uma música que vale muito para todo que vier te visitar.

    http://www.youtube.com/watch?v=G13LlXJDOOc

    Um abraço poeta

    ResponderExcluir
  3. Drumont e Manuel Bandeira comentaram certa vez da inveja pela precisão com que Jorge Amado usava os palavrões em sua obra. Tenho a mesma inveja ao ver o Boto Juraci emergir dos rios amazônicos, trazendo lá do fundo as palavras encantadas, descamadas de quaisquer pieguices.
    João Bosco Maia

    ResponderExcluir
  4. bom dia senhor Juraci Siqueira, meu nome e Wellington Gabriel Amorim Rodrigues Alemeida, eu sou o responsavel pelo o jornal daqui da escola, eu gostaria de le pedir um patrocinio para pode paga as copias de nosso jornal, porque a gente vem tendo muitas dispesas e dividas com as copias, e então eu gostaria de le pedi um patrocinio de R$300,00 ( TREZENTOS REAIS), eu sou aluno da Escola Estadual de Esino Fundamental e Medio Dona Helena Guilhon, eu sou muuito fã de seus livros, o Senhor esteve presente nesta quinta- feira agora dia 07/04/2011 em minha escola para a inauguração da nossa biblioteca

    eu gostaria muito de conta com a sua ajuda, por favor, espero sua resposta

    ResponderExcluir
  5. Juraci

    Acesse o blog interfaces culturais e veja a premiação que dedicamos ao seu blog.

    abraços

    Marcel Franco
    interfacesculturais.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Menino!Tu és uma figurinha carimbada!Filho de boto,sei...conta outra!
    Creio que na verdade tu és fantástico mesmo: o maior cara de pau que eu já vi.Muito talentoso,atrevido e carismático.Não foi o boto que te fez não!Foi Deus.E ele certamente estava de excelente humor no momento.Parabéns pelo blog!
    Rita Velosa ( e não Veloso)

    ResponderExcluir
  7. MEU ROÇADO

    Jura, ‘seu’ cabra de Belém das mangueira,
    ouve o que tenho a dizer
    vou limpar a terra p’ro roçado primeiro
    e o faço com suor todos os dias
    lançando a semente como se deve fazer,
    para completar o rango que antes se perdia.

    Meu jerimum está no ponto,
    com a laranja ainda não conto
    começo a labuta ao amanhecer,
    até findar no cair do anoitecer
    trazendo a farinha pronta para comer
    cuidando da manga até amadurecer.

    O milho já espigou na horta,
    planto a mandioca no lugar do camapu,
    enquanto vou colhendo meu feijão de corda
    para a Janira aprontar o angu
    e preparar no fogão à lenha o beiju.

    Ouve pois nos teus barrancos, o meu canto
    neste árido Ceará, açudes nem tanto
    doravante de sol a sol eu planto,
    mesmo sem ter alguns derréis
    e no descanso, ao luar, vou lendo os cordéis.



    Prof. Lindoval Souza
    Técnico em Educação, Historiador.


    Fortaleza, 15 de Julho de 2011

    ResponderExcluir