28/07/2009

Videos & Matérias

video
A lenda viva do boto Juraci no Marajó

7 comentários:

  1. Realmente este boto nasceu das águas das Palavras, este vídeo saiu da vida deste poeta boto que encanta a existência de muitos que bebem das águas da história da grande ilha do Marajó, uma saudação marajoara meu mano!

    Nado Itaguari, O Poeta.
    São Paulo, 28 de julho de 2009.

    ResponderExcluir
  2. saudações marajoaras,

    boto brejeiro
    do gosto da matinta
    que lê teus foletins
    e gargalha de alegria

    edna marajoara

    ResponderExcluir
  3. Um poeta reconhece o outro, um boto, também.Remamos nesses rios ou os vencemos a NADO.Trazemos em nós a essência dessa terra e temos o dever de cantá-la e defendêla.
    Ave, caboclo!

    ResponderExcluir
  4. Minha querida Matinta, esta é a nossa terra, comum é a nossa luta.E estamos fazendo a nossa parte.
    Um abraço quebra-costelas deste boto
    caboclo.

    ResponderExcluir
  5. Adorei esse abraço"quebra-costelas" vou praticar ahahahahaha

    ResponderExcluir
  6. Caro amigo Poeta Jú,

    Esse boto é uma obra prima
    rebelde
    e cheio de intenções
    é a semente
    aprisionada
    de um novo boto
    Um “parabennoso” abraço

    ResponderExcluir
  7. Amigas Papi e Lú, o boto existe pela necessidade de engravidar de poesia todos os que deles se aproximarem. Não o temam: apaz e o amor habitam seu coração ribeirinho.

    Um grande e caloroso abraço marajoara!

    ResponderExcluir